Kodak ScanMate i1150

Processo eletrônico: Scanner Kodak ScanMate i1150/i1180

A Kodak está comercializando dois novos modelos de scanner: ScanMate i1150 e ScanMate i1180.

O principal diferencial desses modelos, em comparação aos i940 e i2400/i2600, está no display colorido que permite a customização de ícones para acesso a pré-definições de digitalização, entre outras tarefas programáveis; na possibilidade de leitura de código de barras presentes nos documentos digitalizados; na função que protege os documentos quando atolados (o scanner paralisa o funcionamento para não danificar o documento); e na sua compatibilidade com a arquitetura baseada em navegador de internet/thin-client.

 

Kodak ScanMate i1150

O modelo ScanMate i1150 possui uma função que digitaliza (frente e verso) os 10 primeiros documentos numa velocidade de 40 páginas por minuto (ppm), e os documentos restantes na velocidade padrão de 25 ppm. Lembrando que essas velocidades dependem da configuração utilizada (cor, resolução etc).

 

Kodak ScanMate i1180

O modelo ScanMate i1180 possui um processador de imagens próprio que possibilita seu funcionamento com computadores que possuem baixa capacidade de processamento (configuração básica de hardware). Digitaliza os documentos (frente e verso) numa velocidade de 40 ppm.

 

Vídeos de demonstração do funcionamento dos scanners Kodak ScanMate i1150/i1180:

 

 

 

 

Fujitsu ScanSnap iX500

Processo eletrônico: Scanner Fujitsu ScanSnap iX500

Fujitsu ScanSnap iX500

 

O Fujitsu ScanSnap iX500 reúne todas as principais funções existentes nos scanners de alta performance  já citados neste Blog, mas com um plus muito interessante na faixa de preço em que se encontra: suporta Wi-Fi (rede sem fio).

Na Amazon.com é vendido por US$ 414,99 e no Brasil é possível ser encontrado à venda por valores que variam entre R$ 2.000,00 e R$ 3.000,00 (pesquisa realizada em 09/09/2014).

 

Acesso remoto do Fujitsu ScanSnap iX500

 

A digitalização prescinde de um computador desktop, bastando instalar o aplicativo da Fujitsu em um dispositivo móvel, que funcione com iOS (iPhone, iPad) ou Android (Samsumg Galaxy e outros), para que se torne possível acionar o scanner remotamente. O documento é digitalizado diretamente para o tablet ou smartphone em um dos formatos de arquivo escolhido.

 

Vídeo de funcionamento do Fujitsu ScanSnap iX500:

 

Especificações gerais

Parâmetro Especificação
Modelo ScanSnap iX500
Tipo de scanner AAD (Alimentador Automático de Documentos)
Modos de digitalização Simplex e Duplex
Colorido, Tons de cinza e Preto e branco
Sensor de imagem CIS Colorido (Contact Image Sensor) x 2 (frente x 1, verso x 1)
Tipo de lâmpada LED Colorido (Vermelho / Verde / Azul)
Tamanho de documentos Mínimo no AAD: 50,8 x 50,8 mm
Máximo no AAD: 216 x 356 mm
Suporta a digitalização de documentos A3 através da Folha de transporte
Gramatura de documentos 40 até 209 g/m²
Cartões duros (AAD): Paisagem, (0,76 mm ou menos)
Velocidade de digitalização
(A4, Retrato)*1
Modo Normal Colorido / Cinza (150 dpi), Preto e branco (300 dpi): 25 páginas por minuto / 50 imagens por minuto
Modo Bom Colorido / Cinza (200 dpi), Preto e branco (400 dpi): 25 páginas por minuto / 50 imagens por minuto
Modo Ótimo Colorido / Cinza (300 dpi), Preto e branco (600 dpi): 25 páginas por minuto / 50 imagens por minuto
Modo Excelente *2 Colorido / Cinza (600 dpi), Preto e branco (1200 dpi): 7 páginas por minuto / 14 imagens por minuto
Capacidade da bandeja de entrada*4 50 folhas (80 g/m²) (Realimentação contínua)
Volume diário Até 2.000 folhas
Resolução óptica 600 dpi
Resolução de saída Colorido / 
Cinza
150, 200, 300 e 600 dpi
Preto e branco 300, 400, 600 e 1200 dpi
Recursos Alinhamento automático da imagem
Compressão JPEG via hardware
Correção automática de sequência de caracteres desalinhados
Detecção automática da orientação do documento
Detecção automática de cores
Detecção automática de resolução
Detecção automática do tamanho do documento
Redução de transparência do verso
Remoção automática de páginas em branco
Formato de saída JPEG, PDF, PDF pesquisável, PDF/A, Word, Excel e PowerPoint
Interface USB 3.0 (USB2.0 / USB 1.1) *5
Interface Wi-Fi*6 Padrões IEEE 802.11b / IEEE 802.11g / IEEE 802.11n
Modo de comunicação Modo infra-estrutura
Frequência *7 2,412 GHz até 2,462 GHz / 2,412 GHz até 2,472 GHz
Distância Interno, 50m (Recomendado: interno, entre 25m)
* Pode variar dependendo do ambiente e do ponto de acesso
Segurança *8 WPA-PSK (TKIP / AES), WPA2-PSK (TKIP / AES), WEP (64-bit / 128-bit)
Instalação Compatível com WPS 2.0 (botão / código PIN)
Alimentação 100 até 240, 50/60 Hz
Consumo Conectado por USB Em operação: 20 W ou menos
Modo econômico: 1,6 W ou menos (Chave Wi-Fi desligada)
Conectado por Wi-Fi Em operação: 20 W ou menos
Modo econômico: 2,5 W ou menos
Ambiente de operação Temperatura: 5 até 35ºC
Umidade relativa: 20 até 80% (sem condensação)
Dimensões *9:
Largura x Profundidade x Altura
292 x 159 x 168 mm
Peso 3 kg
Conformidade ambiental ENERGY STAR® e RoHS
Outros Detecção de múltipla alimentação Através de sensor ultrassônico
Digitalização de documentos longos 863 mm *3
Drivers Driver específico
•Windows®: Não suporta drivers TWAIN e ISIS
•Mac OS: Não suporta driver TWAIN
Itens inclusos Cabo de força
Cabo USB
DVD-ROM de instalação
DVD-ROM Adobe® Acrobat®
Folha de transporte
Fonte de alimentação externa

*1 Velocidade de digitalização pode variar de acordo com o ambiente de sistema utilizado.
*2 Somente através de conexão com computador.
*3 o iX500 é capaz de digitalizar documentos maiores que A4 em comprimento em todos os modos, exceto o modo “Excelente”.
*4 A capacidade máxima pode variar dependendo da gramatura dos documentos.
*5 Alguns computadores não reconhecem o ScanSnap quando conectado através de uma porta USB 3.0. Neste caso, utilize uma porta USB 2.0.
*6 Em caso de conexão Wi-Fi, somente Android™ e iOS.
*7 Os valores dependem do País.
*8 Não suporta autenticação IEEE 802.1X.
*9 Excluindo as bandejas e outros acessórios.

Epson WorkForce GT-S55/S85

Processo eletrônico: Scanner Epson WorkForce GT-S55/S85

Na linha dos scanners de alta performance, como o Kodak i2400 e o Brother ADS-2000, ideais para os escritórios de advocacia que precisam se adaptar ao processo eletrônico, o Epson WorkForce GT-S55/S85 é outra opção que vem de encontro com as necessidades diárias dos profissionais da advocacia.

Epson WorkForce GT-S55/S85

O equipamento em tela permite a digitalização frente e verso (duplex) de documentos, ou seja, a leitura do documento é feita uma única vez, tendo em vista sua tecnologia “Dual CCD”, otimizando o trabalho de escaneamento.

Sua bandeja suporta até 75 folhas, que são puxadas automaticamente durante o processo de escaneamento, prometendo uma velocidade de digitalização, quando configurado para resolução de 200 dpi e formato de papel A4, de 25 ppm/50 ipm (GT-S55) e 40 ppm/80 ipm (GT-S85)

O tamanho máximo do papel que suporta é 21,5 x 91,4 cm, permitindo a digitalização de cartões rígidos.

O software que o acompanha possuí várias funções que facilitam a digitalização em lote, como a de remoção de páginas em branco, a de detecção do tamanho do documento, entre outras, gerando arquivos no formato PDF.

Veja o vídeo de funcionamento do Scanner Epson WorkForce GT-S55:

 

Tela do extinto website Pen Drive Net

Conheça o website que se tornou referência sobre a memória pen drive no Brasil

Pen Drive Net (www.pendrivenet.com.br) foi um website pioneiro sobre as memórias flash USB, popularmente conhecidas pelo nome de “pen drive”, lançado no ano de 2004 e encerrado no ano de 2014.

 

Tela do extinto website Pen Drive Net

 

Do seu lançamento ao seu encerramento, o website foi visitado por mais de 11.000.000 (onze milhões) de usuários no Brasil e no mundo, registrando 326.874.663 (trezentos e vinte e seis milhões, oitocentos e setenta e quatro mil, seiscentos e sessenta e três) de HITS totais.

Pen Drive Net possuía outra porta de entrada: www.flashdrive.com.br com características próprias (hospedava o fórum etc), que, se somados ao número de acessos totais ao domínio www.pendrivenet.com.br, ajudou a contabilizar mais de 15.000.000 (quinze milhões) de visitas de usuários no Brasil e no mundo, registrando mais de 500.000.000 (quinhentos milhões) de HITS totais, desde o lançamento do portal.

Durante seus primeiros anos de existência, o website figurou na primeira página de resultados pela busca da palavra “pen drive” no Google mundial, sempre entre os cinco primeiros resultados listados.

Desenvolvido pelo autor do Blog >Evolução Tecnológic@_, acabou por se tornar uma referência sobre a memória pen drive no Brasil, tendo em vista sua popularidade conquistada pelas ferramentas que disponibilizava aos seus visitantes, a seguir comentadas:

 

::: DRIVERS

Tela da seção "drivers" do extinto website Pen Drive Net

Tela da seção “drivers” do extinto website Pen Drive Net

Na seção “DRIVERS” era possível baixar o driver correspondente ao modelo de pen drive listado, incluindo eventual software do fabricante.

Essa mesma sessão do site, permitia o acesso a um banco de dados de firmwares dos populares S1 MP3 e MP4 Players, alimentado a partir de contribuições dos usuários do site.

Um drive muito baixado pelos usuários do site, na época do lançamento do Pen Drive Net, era o driver genérico para Windows 98 SE.

 

::: FICHA TÉCNICA

O link “ficha técnica” era o coração do site, pois tinha a função de catalogar os fabricantes, as marcas e os modelos dos principais pen drives, mp3 e mp4 players do mercado.

Sistema de busca do link "Ficha Técnica" do website Pen Drive Net

Pen Drive Net contava com um avançado sistema de busca por memórias flash USB

Por meio de consulta pelo nome do fabricante ou pelo tipo de dispositivo procurado: pen drive, mp3 e mp4 players, era possível acessar a ficha técnica do dispositivo e obter informações como: imagem, compatibilidade, dimensões, velocidade de leitura e gravação, entre outras.

 

::: DICAS

A seção “DICAS” era uma das mais acessadas do Pen Drive Net, e disponibilizava dicas variadas sobre o funcionamento da memória pen drive, muitas delas enviadas por usuários do site, como as que versavam sobre a inicialização do computador (boot) através do pen drive, funcionamento no Linux e resolução de problemas com o funcionamento do dispositivo.

 

::: MANUAL MP3 PLAYER

Ilustração de um S1 MP3 Player

Ilustração de um S1 MP3 Player do manual desenvolvido pelo autor do extinto website Pen Drive Net

Desenvolvido pelo próprio autor do Pen Drive Net, tratava-se de um manual on-line completo sobre o funcionamento dos populares S1 MP3 Players, que eram comercializados pelas seguintes marcas: Foston, Merlin, Powerpack, X-Tech, Teratech, Sony? (genérico), Bak, Gotec, Tube Mp3 Opti3, entre outras.

 

::: TESTE DE MEMÓRIAS FLASH USB

Essa seção não chegou a ser muito explorada pelo autor do site, mas o seu objetivo era realizar testes comparativos com os principais pen drives do mercado, com a disponibilização de dados pertinentes à portabilidade, peso, velocidade de leitura/gravação e design do dispositivo flash USB.

Algumas memórias que foram testadas: DataTraveler da Kingston, JetFlash 2A da Transcend, zMatePen Nacre da Dane-Elec e JumpDrive Sport da Lexar.

 

::: FÓRUM

O FÓRUM era um espaço no qual os usuários do Pen Drive Net podiam debater livremente sobre pen drive, mp3 e mp4 players, trocando ideias e soluções a respeito desses dispositivos.

 

::: NOTÍCIAS E NOVIDADES

Sushi Disk

Com o tempo, as memórias pen drives passaram a ser personalizadas, como foi o caso da “sushi disk”

Seção do site com notícias e novidades sobre a memória pen drive, como o lançamento do primeiro pen drive com acesso protegido por reconhecimento biométrico, ou até mesmo dos primeiros pen drives personalizados, como o sushi disk, que o autor do site obteve diretamente do Japão.

 

::: NA MÍDIA

O link “NA MÍDA” tinha a seguinte subdivisão: “SORTEIOS & PESQUISAS”, “CLIPPINGS”, “CINEMA” e “FOMOS NOTÍCIA”.
SORTEIOS & PESQUISAS.

A seção “SORTEIOS & PESQUISAS” iniciou com um desafio no ano de 2005: A memória pen drive substituirá o disquete? Dos 269 participantes, 95,7% responderam que SIM, e 4,83% responderam que NÃO. Veja algumas das fundamentações dos participantes da pesquisa:

Disquete vs. memória pen drive

Voto: SIM
Fundamentação: “Tamanho, capacidade, praticidade e velocidade são algumas das principais vantagens do pen drive em relação ao Diskete. O preço por byte armazenado é praticamente o mesmo, o que faz com que o pen drive seja, além de mais vantajoso, acessível”.

Voto: SIM
Fundamentação: “Tecnologia avançada, portabilidade e capacidade de armazenamento fazem do PenDrive uma excelente escolha em substituição ao FDD”.

Voto: NÃO
Fundamentação: “As mídias de CD já o fizeram pela viabilidade do preço. A confiabilidade e portabilidade do pen drive esbarram no custo. Mas o futuro….”.

 

Segunda pesquisa feita pelo website Pen Drive Net

Gráfico da segunda resultado da pesquisa realizada por Pen Drive Net

A segunda pesquisa realizada por Pen Drive Net, procurou apurar se o visitante do site já possuía pen drive, bem como colher comentários e sugestões sobre o website. Dos 308 internautas participantes, 50,9 % disseram que já possuíam pen drive e 49,03% que não possuíam.

Veja alguma das opiniões dos participantes da pesquisa:

Opinião: “Inacreditavelmente fantastico. Eu, depois que entrei no site, percebi que nao sabia nada sobre este mundo fabuloso. Abração e SUCESSSO !”.

Opinião: “Fiquri surpreso qdo pesquisando no Google encontrei esse site. Colhi uma dica importante que foi como montar o pendrivre no Linux, e deu certo. Parabéns! Estou recomendando a amigos”.

Opinião: “Já tenho conhecimento sobre o site. Gostei do jeito que ele foi elaborado. Poderia colocar mais ofertas e diversidades de marcas para os pens. Já faz tempo que quero um pendrive, gostaria de ganhar. VALEU!!! FUI!!!”.

 

::: CLIPPINGS

A seção “CLIPPINGS” disponibilizava publicações de revistas e jornais sobre a memória pen drive, nas quais, por vezes, Pen Drive Net era citado com referência sobre o assunto, como foi o caso da edição nº 14743, de janeiro/2006, do Jornal ZERO HORA de Porto Alegre.

 

::: CINEMA

Na época do lançamento do website, pen drive era uma nova tecnologia para armazenamento de dados. No cinema surgia como um gadget nos filmes de ação e de suspense, o que inspirou o autor do site a comentar as aparições da memória pen drive nas películas.

Veja os comentários do autor do Pen Drive Net sobre o filme “The Recruit”:

The Recruit

“No filme “O Novato” (The Recruit), um veterano agente da CIA recruta novatos e os submete a vários testes com o propósito de selecionar novos agentes para a CIA, mas, na realidade, tem a intenção de manipular os novatos em proveito próprio com o objetivo único de roubar e vender uma poderosa arma de destruição em massa chamada ICE 9.

Por ordem do veterano, uma recruta se infiltra como espiã na empresa que guarda a fórmula do ICE 9 e copia, por meio de uma PEN DRIVE, as informações sobre a arma. O detalhe fica para o computador em que a recruta acessava os dados: não possuía drive de disquete, em virtude da política de segurança da empresa!

Para passar pela segurança do prédio da empresa, a recruta escondia a PEN DRIVE no fundo falso de uma garrafa térmica.

Vocês viram? É a nossa PEN DRIVE em ação!”.

 

::: FOMOS NOTÍCIA!

Pen Drive Net era citado como referência sobre a memória pen drive em veículos da mídia, como jornais e revistas. Quando essa citação chegava ao conhecimento do autor do website, a respectiva matéria era publicada na seção “FOMOS NOTÍCIA!”. Tem-se como exemplo a edição nº 41607 , de 17/09/2007, do Jornal O Estado de São Paulo.

A atração por novidades hi-tech levou o advogado Rodrigo Marcos Antonio Rodrigues, de 32 anos, a comprar o primeiro pen drive há três anos, quando muita gente nem sabia para que servia o dispositivo. “Me apaixonei”, conta. “Fiquei meio louco e comecei a comprar. Surgia um com caneta, eu comprava. Via outro, comprava. E era caro. Quando fui ver, tinha pen drive para tudo o que é lado.” Hoje, tem mais de 30. De tão fanático, Rodrigues criou um site dedicado ao assunto, o PenDriveNet (www.pendrivenet.com.br), que tem até fórum de discussões. Há inclusive avaliações dos diferentes modelos disponíveis no País.

 

 

- JORNAL o Estado de São Paulo

 

::: VENDA E COMPRA DE MEMÓRIAS PEN DRIVE

Pen Drive Net nunca comercializou pen drives, por meio de seu portal, mas disponibilizava um espaço para parceiros anunciarem seus produtos, desde que estes fossem pen drives ou qualquer tipo de memória flash, incluindo mp3 e mp4 players.

A intenção sempre foi atender aos anseios dos visitantes.

Essa seção do site teve várias fases:

Na primeira fase, havia um espaço em que o visitante do site podia gratuitamente cadastrar-se e anunciar suas memórias ou sua intenção de comprá-las. Na segunda, o autor do website desenvolveu um sistema próprio de e-commerce chamado “compra segura”, em que era celebrado um contrato com determinada empresa, que cadastrava suas memórias na plataforma de e-commerce do Pen Drive Net e as vendias diretamente pelo site, submetendo-se a um sistema de qualificação que possibilitava ao comprador avaliar a negociação realizada. O “compra segura” funcionou com êxito durante alguns anos, até o seu encerramento por vontade do autor do website. Na terceira fase foi estabelecida parceria com o MercadoLivre e mantida a já existente com a Atera Informática.

Uma curiosidade sobre o website Pen Drive Net foi ter sido inteiramente desenvolvido a partir de uma pen drive com capacidade de 128 MB, a primeira adquirida pelo seu idealizador.

 

Scanner Canon Lide 110 Preto

Desde o início do ano de 2013, utilizo um scanner de mesa da Canon em minhas aulas de processo eletrônico com certificação digital. Os alunos sempre me perguntam em qual loja é possível encontrá-lo à venda .

Canon Lide 110

Utilizo esse modelo para dar aulas porque é leve, portátil e não precisa de fonte de alimentação de energia (é alimentado pela porta USB do computador), mas não é aconselhável utilizá-lo como uma estação de trabalho no escritório de advocacia, pelo fato de ser lento, não possuir bandeja de alimentação de papel, não digitalizar em frente e verso, dentre outras limitações. Utilize-o como uma opção de equipamento portátil para montagem de seu escritório móvel.

Para os que apreciaram esse scanner, informo que recebi um e-mail do site de comércio eletrônico Kabum! avisando que está novamente disponível em estoque. Comprei o meu com eles e de vez em quando ainda compro alguma coisinha por lá.

Sds,

Rodrigo – evoltecno

Macintosh Plus: novo integrante da minha coleção de micros antigos

Mais um micro clássico para minha coleção: Macintosh Plus

Recentemente, adquiri um Macintosh Plus.

Trata-se do terceiro modelo da linha do primeiro Macintosh lançado no ano de 1984.

Foi lançado um ano e alguns meses após o lançamento do “fat Mac” (1985), que possuía 512 KB de RAM. O Plus tem 1 MB de RAM.

O Plus foi o último modelo a possuir, na parte frontal, uma porta como a de telefone para conexão do teclado.

Foi o primeiro da linha Mac a incluir uma porta SCSI, que possibilitava a conexão de uma gama de dispositivos externos.

Meu micro, em especial, está sem hd, somente com o característico drive embutido de 3.5″. Ainda não tive tempo de colocar em funcionamento os meus outros MACs e gerar alguns discos de sistema para ele.

O Macintosh fez aniversário de 30 (trinta) anos na última sexta-feira, o que levou a mídia especializada a produzir diversas matérias sobre esse computador, que ocupa espaço de grandeza entre os mais importantes e populares da evolução tecnológica da computação pessoal.

Matérias sobre o aniversário do Mac publicadas na internet:

Saudações,

Rodrigo – evoltecno

Scan Station 500

Processo eletrônico: Avaliação do scanner Kodak Scan Station 500

Avaliações anteriores:

Scanner i940: Parte 1 | Parte 2 | Parte final

Scanner i2400: Parte única

A maior diferença do Scan Station 500 para os outros dois modelos de scanner da Kodak avaliados, está na sua funcionalidade de configuração de protocolos de rede, os quais permitem o envio dos arquivos digitalizados para um e-mail informado (STMP) ou espaço num servidor remoto (FTP).

Scan Station 500

O cabo de rede (RJ45) é ligado diretamente no scanner, o qual funciona independentemente de um computador (PC host). As operações são feitas por meio de uma tela touch screen.

Assista o vídeo de funcionamento do Scan Station 500, produzido na sede da Netscan, em Alphaville, SP:

 

Especificações técnicas do scanner Kodak Station 500 (segundo fabricante):

Volume diário recomendado Até 3,000 páginas por dia
Conexão 10/100 Base T e fax-modem interno de 56 K, nenhum PC host necessário
Opções de saída Digitalize para compartilhamento de rede,impressão, e-mails, fax, unidade USB portável, FTP, SFTP, FTPs (anônimo, autenticado, com suporte a proxy)
Protocolos de rede TCP/IP, SMB, SMTP autenticado (login, texto sem formatação, CRAM, NTLM), DHCP (ou estático), Autenticação de domínio NT
Recursos de segurança Criptografia de chave privada de PDF, senha de acesso opcional, opção de ativar/desativar o recurso de digitalização para unidades USB portáteis, login seguro via LDAP, registro de atividades por ID de login, bloqueio de porta de IP
Administração remota
(somente para os administradores do sistema)
Login seguro com uma senha personalizável, capacidade de criar e gerenciar listas de dispositivos do Scan Station 500, agrupar e classificar dispositivos gerenciados, atualizar a configuração e/ou software incorporado de um, alguns ou todos os dispositivos gerenciados, exibir o status dos dispositivos gerenciados, acessar remotamente e gerenciar arquivos de registro de um único dispositivo gerenciado, reiniciar ou desligar um único dispositivo gerenciado.
Formatos de arquivos de saída TIFF, JPEG, PDF de página única e de várias páginas, PDF em texto pesquisável, PDF criptografado, TIFF compactado como JPEG opcional, arquivos de áudio WAV
Painel de controle 20,3 cm LCD TFT 800 X 480 com tela sensível ao toque
Áudio Microfone e alto-falante internos para gravar e reproduzir mensagens de Anexo de voz
Processador interno, memória, disco rígido Processador Intel Atom com 1 GB de RAM, disco rígido de 160 GB
Tecnologia de digitalização Digitalização duplex com CCD quadlinear colorido duplo, resolução óptica de 600 dpi, profundidade de captura de 30 bits (10 x 3), profundidade de saída de cores de 24 bits (8 x 3), profundidade de saída em tons de cinza de 8 bits (256 níveis)
Resolução de saída 75, 100, 150, 200, 240, 300, 400 e 600 dpi
Recursos de geração de imagens Digitalização Perfect Page, enquadramento, corte automático, remoção de páginas em branco baseada em conteúdo, orientação automática
Velocidades de produção (retrato, tamanho carta, 200 dpi) Preto-e-branco/tons de cinza: até 45 ppm/90 ipm
Cores: até 30 ppm/60 ipm
Detecção de alimentação múltipla Com tecnologia ultrassônica
Alimentador Até 75 folhas de 75 g/m² 75 g/m² (20 lb)
Tamanho máximo dos documentos 215 mm x 863 mm – pode ser restrito a certas resoluções
Tamanho mínimo dos documentos 50 mm x 63,5 mm ;
Alimentação de várias folhas: 75 mm x 125 mm
Espessura e gramatura do papel 52-413 g/m²
Carteiras de identidade de até 1,25 mm de espessura
Aprovações e certificados do produto AS/NZS CISPR 22:2006 Classe A (Marca de verificação C), CAN/CSA-C22.2 No. 60950-1 (Marca TUV C), Canadá ICES­003 Edição 4 (Classe A), GB4943, GB9254 (Classe A), GB 17625.1 Harmonics (Marca CCC “S&E”), EN 55022 ITE Emissões (Classe A), EN 61000-3-3 Oscilações, EN 55024 ITE Imunidade, (Marca CE), EN 60950 (Marca TUV GS), IEC 60950-1, VCCI (Classe A), CNS 13438 (Classe A), CNS 14336 (Marca BSMI), UL 60950-1 (Marca TUV US), CFR 47 Parte 15 Subparte B (FCC Classe A), Argentina Marca S
Dimensões Peso: 10,5 kg
Profundidade: 38,1 cm
Largura: 34,9 cm
Altura: 20,8 cm
Conteúdo da caixa KODAK Scan Station 500, cabos de alimentação, Guia do usuário, CD-ROMs de instalação e documentação, Guia de instalação, uma unidade USB portátil, software Organizador de configuração e software de administração do scanner
Configuração recomendada para o PC para a configuração do software Organizador de configuração e do software de administração do scanner Processador Pentium 4, 2.8 GHz
1 GB de RAM
USB 2.0
Windows XP
Windows Vista
Windows 7
Acessórios disponíveis Unidades USB portáteis
Teclado e acessório de suporte do KODAK Scan Station 500
Mesa digitalizadora acessória A3 KODAK
Mesa digitalizadora acessória A4 KODAK
Materiais disponíveis Módulos de alimentação, panos para limpeza de rolos e panos Staticide
Software disponível NSi AutoStore Client ativado, outros aplicativos NSi AutoStore disponíveis
Especificações recomendadas da unidade USB portátil USB 2.0, tamanho mínimo para configuração: 32 MB
Tamanho mínimo para armazenamento de imagens/arquivos: 128 MB
Fatores ambientais Temperatura de operação: 10-35° C
Umidade de operação: 10% a 85% UR, Altitude: <2000M
Iluminação Fluorescente dual (Lâmpada catódica fria)
Consumo de energia Modo off: <4 watts;
Em operação: <95 watts
Interfaces No painel traseiro: quatro portas USB 2.0, uma porta Ethernet 10/100 Base RJ45, uma porta personalizada para mesa digitalizadora e um conector RJ11 de telefone; No bisel: uma porta USB 2.0
Máquina de escreve digital Panasonic W1505

Coleção: Máquina de escrever digital Panasonic W1505

Faz tempo que não escrevo algo a respeito do meu pequeno museu da computação pessoal.

Recentemente, adquiri mais uma peça para o meu acervo. Não se trata propriamente de um microcomputador, mas, sim, de uma máquina de escrever digital com processador de texto do Word incorporado.

Máquina de escreve digital Panasonic W1505

Essas máquinas eram bem funcionais para profissionais como advogados, que, na maioria das vezes, utilizavam seu microcomputador como uma máquina de escrever para redigir suas petições.

O legal é que possui tela de pré-visualização do que está sendo redigido, possibilitando a correção, formatação e tabulação do texto. É possível, ainda, gravar o texto em disquete para posterior edição.

Sds,

Rodrigo – evoltecno

Processo eletrônico: Scanner Brother ADS-2000

Uma outra opção de scanner profissional para os advogados é o ADS-2000 da Brother.

Scanner Brother ADS-2000

Scanner Brother ADS-2000

Esse modelo da Brother digitaliza automaticamente os documentos em frente e verso, gerando arquivos PDF. Sua bandeja suporta até 50 folhas por vez, prometendo uma velocidade máxima de 24 páginas por minuto (em branco e preto – uma face).

Está sendo comercializado na Kalunga por R$ 1.799,00 à vista ou 10 x s/ juros.

Veja alguns vídeos de seu funcionamento no YouTube.

Scanner Kodak i2400

Processo eletrônico: Avaliação do scanner Kodak i2400

Scanner Kodak i2400

Segundo scanner da Kodak por mim avaliado, conforme divulgado aqui no Blog, o modelo i2400 é comercializado pelo preço de R$ 1.995,00 à vista, no convênio da CAASP.

Veja a avaliação do scanner i940: Parte 1 | Parte 2 | Parte final

O i2400 é mais robusto que o i940, aparentando suportar uma maior carga de trabalho diário. Digitaliza de forma mais eficiente, igualmente em frente e verso, fazendo 30 páginas por minuto, segundo informações do fabricante. Sua bandeja suporta 50 folhas, mais do que o dobro do i940. Obviamente que este número de folhas suportado depende da gramatura.

Na avaliação realizada, chamou atenção a velocidade com que os documentos foram digitalizados. Um ponto forte deste modelo é a possibilidade de manipular os documentos digitalizados para formação de arquivos PDF distintos, tarefa que é feita pelo KODAK Capture Desktop Software. É bem verdade que o outro modelo avaliado (i940) poderia contar com este software em seu pacote, porém, não é suportado pelo programa.

A resolução ótica é a mesma do i940 (600 DPI), porém, com saída de até 1200 DPI.

A empresa, conveniada com a CAASP, que comercializa o i2400, oferece dois tipos de garantia, ambas de 2 anos. Uma é prestada diretamente na assistência técnica da Kodak, ou seja, o aparelho precisa ser remetido à assistência técnica. Outra é a que eles chamam de “on-site”, neste caso é enviado um técnico ao local que o scanner se encontra. Aderindo-se a esta segunda opção, o scanner sai pelo valor de R$ 2.210,00 à vista.

 

Especificações técnicas do scanner Kodak i2400 (segundo fabricante):

Volume diário recomendado Até 2.000 folhas por dia
Velocidades de produção
(retrato, tamanho A4)
Preto e branco/tons de cinza/cores: até 30 ppm/60 ipm a 200 e 300 dpi (as velocidades de produção podem variar de acordo com as suas opções de driver, software de aplicativo, sistema operacional e computador.)
Tecnologia de digitalização CCD duplo; Profundidade da saída em tons de cinza é 256 níveis (8 bits); profundidade da captura em cores de 48 bits (16 x 3); profundidade de bit de saída de cores é 24 bits (8 x 3)
Painel de controle do operador Visor de 7 segmentos
Resolução óptica 600 dpi
Iluminação LED duplo indireto
Resolução da saída 100 / 150 / 200 / 240 / 250 / 300 / 400 / 600 / 1200 dpi
Máx./Mín. Tamanho do documento 216 mm x 863 mm / 50 mm x 63,5 mm
Modo de documento longo: 216 mm x 4.064 mm
Espessura e gramatura do papel 34 – 413 g/m² Alimentador de; espessura do cartão de identidade: até 1,25 mm
Alimentador Até 50 folhas de papel de 75 g/m² papel. Aceita documentos pequenos, como carteiras de identidade, cartões com alto-relevo e cartões de plano de saúde
Detecção de alimentações múltiplas Com tecnologia ultra-sônica
Conectividade USB 2.0 (cabo incluído)
Pacote de software Drivers TWAIN, ISIS, WIA; KODAK Capture Desktop Software; Smart Touch; NUANCE PAPERPORT e OMNIPAGE (drivers LINUX SANE e TWAIN disponíveis em www.kodak.com/go/scanonlinux)
Recursos de geração de imagens(no scanner – sem perder velocidade) Digitalização Perfect Page com auto-Brilho (iThresholding), auto-enquadramento (Auto-Deskew), corte Relativo, corte dinâmico (Auto-Crop), rotação de imagem pós-digitalização, eliminação eletrônica de cores (Dropout), saída simultânea de imagens preto-e-branco e tons de cinza ou colorido (Dual-Stream), preenchimento de bordas, remoção de páginas em branco por tamanho (kbytes) e porcentagem de conteúdo, Ajuste interativo de cor, Ajuste de brilho e contraste, rotação automática baseado no conteudo da imagem; detecção automática de cores (Auto-Cor), suavização de cores de segundo plano (Color Smoothing), junção de imagens frente e verso, recurso de filtro de riscos, filtro de nitidez (sharpening), preenchimento de furos de fichario, preenchimento inteligente de bordas, auto-brilho e digitalização de documento longo (até 4.064 mm)
Formatos de arquivos de saída TIFF, JPEG, RTF, BMP, PDF e PDF pesquisável de uma ou várias páginas
Acessórios Acessório para fundo branco (frente); Acessório da mesa digitalizadora modular Kodak A4 (fundo branco) com cabo de 1,8 m cabo; acessório opcional de geração de imagens pretas de mesa A4
Requisitos elétricos 100-240 V (internacional); 50-60 Hz
Consumo de energia Scanner: modo off: <0,35 watts; modo inativo: <4 watts; modo de execução: <32 watts
Fatores ambientais Scanners com qualificação ENERGY STAR; temperatura de operação: 10-35° C; umidade durante a operação: 15% a 76% UR
Ruído acústico (nível de pressão do som na posição do operador) Modo de operação: modo de operação (digitalização em cores de 300 dpi): <55 dB(A)
Configuração recomendada para o PC Para documentos de até 660 mm a 400 dpi: processador duplo Intel Core2.1 de 2 GHz ou equivalente, 2 GB de RAM. Para documentos mais longos/resoluções mais altas: processador duplo Intel Core2.1 de 2 GHz ou equivalente, 4 GB de RAM. Observação: para obter o desempenho ideal ao usar um PC com o sistema operacional Windows 7, recomenda-se pelo menos 3 GB de RAM
Sistemas operacionais com suporte WINDOWS XP SP2 e SP3 (32 bits), WINDOWS XP x64 Edition SP2, WINDOWS VISTA SP1 (32 e 64 bits), WINDOWS 7 (32 e 64 bits), WINDOWS Server 2008 x64 Editions, LINUX UBUNTU 10.04.1
Aprovações e certificados do produto AS/NZS 3548 Classe B (Marca de verificação C), CAN/CSA-C22.2 No. 60950-1-07 (Marca C-UL), Canadá ICES-003 Versão 4 (Classe B), GB4943, GB9254 (Classe B), GB 17625.1 Harmonics (Marca CCC “S&E”), Emissões EN 55022 ITE (Classe B), EN 61000-3-3 Flicker, EN 55024 ITE Immunity (Marca CE), EN 60950-1 2a. ed. (Marca TUV GS), IEC 60950-1 2a. ed., CISPR 22 (Classe B), VCCI (Classe B), CNS 13438 (Classe B), CNS 14336 (Marca BSMI), UL 60950-1-07 (Marca UL), CFR 47 Parte 15 Subparte B (FCC Classe B), Argentina S-MarK
Suprimentos disponíveis Módulo de alimentação, módulo de separação, rolos de alimentação, panos apropriados para a limpeza de rolos e panos STATICIDE
Dimensões Peso: 5,5 kg Profundidade: 162 mm (6.3 pol.),
sem as bandejas de entrada e saída
Largura: 330 mm Altura: 246 mm (9.7 pol.),
sem a bandeja de alimentação