Curso de Informática Básica para Advogados na OAB/Santos

Estão abertas inscrições para o Curso de Informática Básica para Advogados na OAB/Santos, que visa a inclusão digital desses profissionais.

Serão 12 (doze) aulas semanais (terças e quintas-feiras), das 19h às 21h, com início no próximo dia 09 de abril e término no dia 23 de maio de 2013. O início do curso foi prorrogado para 16 de abril.

O conteúdo programático do curso está voltado tanto para os profissionais do direito que desejam ingressar no mundo digital, como para os que já possuem alguma bagagem, mas precisam atualizar seus conhecimentos.

No cenário atual é imperativo que os advogados tenham noções básicas de informática para que possam avançar no aprendizado de ferramentas mais complexas, como o peticionamento eletrônico com certificação digital e a pesquisa de jurisprudência eletrônica.

Essas noções básicas serão transmitidas no curso, cujo conteúdo programático é o seguinte: hardware (noções básicas); sistema operacional Windows; processador de texto e planilha eletrônica; rede mundial de computadores (web); certificação digital.

O curso será ministrado na Casa do Advogado II – CAD, localizada na Praça Patriarca José Bonifácio, 50 – Centro – Santos/SP. Mais informações: (13) 3226-5900. Inscrições pelo site da OAB/Santos na internet: http://t.co/rIoYM32lWx

A realização é da Ordem dos Advogados de Santos, por meio de sua Comissão de Informática Jurídica e Direito Eletrônico.

Não perca! As vagas são limitadas pelo fato do curso priorizar a prática, disponibilizando um computador de última geração por aluno.

Rodrigo Marcos Antonio Rodrigues
Coordenador da Comissão de Informática Jurídica e Direito Eletrônico da OAB/Santos

Dicas para compra de um computador – Parte I – Memória (RAM)

Boa Noite a todos!

Este é o primeiro post de uma série aleatória, ao final dela você estará craque e o vendedor da loja vai fugir quando ver você entrando! :(  Pelo contrário, ele vai estender um tapete vermelho porque saberá que você quer qualidade e sabe o que está comprando. :)

Basicamente, um computador é formado de gabinete, placa mãe (motherboard), processador (CPU), memória (RAM), disco rígido (hard disk), fonte de alimentação, leitor\gravador de CD, teclado e monitor.

Pente de memória (RAM)
Pente de memória (RAM)

 A RAM é de grande importância para o funcionamento do computador, determinante para o seu desempenho. É responsável pelos programas em execução. Quando ligamos o computador, os programas são carregados na RAM e apagados quando desligamos, por isso é chamada de memória volátil.

Quanto mais memória RAM maior será o desempenho do computador. Alguns programas têm como pré-requisito uma quantidade mínima de RAM para rodar satisfatoriamente. Tendo em vista os programas mais utilizados atualmente, pode-se afirmar que a configuração mínima é de 2 GB.

Existe mais de uma tecnologia de memória, por isso é essencial verificar se a placa mãe (motherboad) suporta a tecnologia desejada. Atualmente, a tecnologia mais popular é a DDR2 e a mais avançada a DDR3. Placas mães antigas não suportam DDR2 e somente as mais atuais suportam DDR3. Esta tem maior taxa de transferência em MB/s do que a outra.

Devido a sua fisionomia, chamamos a memória (RAM) de “pente”. Existem várias capacidades de RAM no mercado, as mais populares são as de 1 GB e 2 GB. Além da capacidade da memória, temos também como fator determinante a velocidade que ela opera. Por exemplo, existem memórias DDR2 com velocidade de 800 MHz (clock – taxa dobrada) e memórias DDR3 com velocidade de 1333 MHz (clock – taxa dobrada). O mais importante é saber que toda placa mãe tem um limite de acesso que precisa ser verificado. De nada adianta instalar um pente de memória DDR2-1066 numa placa mãe que acessa até 800, o desempenho estará limitado à capacidade desta placa mãe que é 800 (400 MHz – clock real). O mesmo para a capacidade da placa em GB. 

Tabela exemplificativa (não exaustiva) com padrões de memória RAM:

Padrão (SDRAM) Capacidade Desempenho máx.
DDR 64 MB – 2 GB 400 MHz
DDR2 256 MB – 8 GB 800 MHz
DDR3 1 GB – 24 GB+ 1600 MHz ou superior

As fabricantes mais populares são Kingston e MarkVision.

É preciso também estar atento ao Sistema Operacional (SO) que está sendo utilizado. As versões do Windows 32-bits têm uma limitação física de 4 GB, portanto, de nada adianta instalar 8 GB num computador com um SO 32-bits instalado, a memória física excedente será descartada. Se a máquina tiver mais de 4 GB é essencial utilizar um SO 64-bits. O Windows Vista Starter é mais limitado ainda: 1 GB máx. de memória física. Esteja atento!

O assunto que abordei hoje fará parte do curso que ministrarei na Escola Superior de Advocacia (ESA): Curso de Peticionamento Eletrônico com Certificação Digital nos Tribunais, com início programado para o dia 10 de maio de 2011. Mais informações: http://www.oabsantos.org.br/conteudo.php?id=3206

Espero que tenham gostado do post.

Um grande abraço,

Rodrigo Marcos Antonio Rodrigues