Saiba como o Google despontou como o maior buscador da internet

Logo Google Tom Jobim

O Google se firmou como o maior buscador da internet em razão da forma que o seu sistema indexa as informações. Aliás, se tornou muito mais do que um simples buscador, é um provedor de produtos e serviços que ameaça até mesmo a Microsoft, com suas soluções baseadas na computação em nuvem (cloud computing). Antigamente, os buscadores dependiam de um cadastro prévio da página publicada na internet para alimentar o seu banco de dados, se o cadastro não era atualizado pelo interessado, as informações permaneciam desatualizadas no buscador. Os antigos buscadores também dependiam do título da página e das METATAGS que trazem a descrição do site e as palavras-chaves correspondentes. Essas informações ficam no cabeçalho da página da internet, o título um pouco acima. O Google também utiliza essas informações para indexar a página, mas vai muito além, os seus robôs são bem mais inteligentes e varrem periodicamente os arquivos hospedados nos servidores, não se limitando a varrer arquivos no formato HTML. A “nuvem de tags”, tão utilizada atualmente nos blogs e sites, é um exemplo de ferramenta que ajuda na indexação no Google. Um bom nome de domínio continua sendo importante.

A gratuidade das indexações também foi fator preponderante para o sucesso, prevalecendo nos primeiros resultados da busca as páginas mais populares, além dos anúncios pagos. O que torna uma página popular é o número de vínculos (links) que existe para ela em outras páginas igualmente indexadas.

Se você digita um endereço no Google, ele te mostra o mapa de localização. Forneça o nome de uma música para que ele retorne a biografia do artista, arquivos digitais de música, vídeo e muito mais. Se a idéia é conhecer outros países sem sair de casa, basta instalar o GoogleEarth. Quer um browser para navegar pela internet? O Google tem, chama-se Google Chrome.

Gmail, Youtube, Orkut, Google docs e muito mais, o Google é arrasador. Compará-lo ao Facebook é uma heresia. A única ameaça à hegemonia tecnológica do Google vem do próprio Google, ou seja, ele quebrar financeiramente. Verdade é que sua receita tem diminuído, em parte pela ascensão de redes sociais como o Facebook, que atraem os anunciantes exclusivamente em razão da crescente popularidade.

O Google centralizou todo conteúdo da internet em um só lugar; é o ponto de partida da navegação pela rede mundial de computadores; é o Oráculo do Século XXI, mas não espere encontrar informações fidedignas fáceis, tem que interrogá-lo diversas vezes, descartar respostas e muitas vezes montar um quebra-cabeça de informações.

Você deve estar pensando: o autor do Blog é fã incondicional do Google. Fã, sim, incondicional, não. Esse Oráculo deve observância às leis do nosso país, não é nenhuma divindade que está entre o céu e a terra, não é o Oráculo de Delfos e nem a simpática velinha do filme Matrix.

Conhece-te a ti mesmo.

Acesso a todos os produtos e serviços do Google: http://www.google.com.br/intl/pt-BR/options/

Saudações a todos,

Rodrigo Marcos Antonio Rodrigues